Sobre         Apresentação         Filmes        Críticas         Oficina de Críticas Urgentes         Equipe         Contato

Apresentação

Os acontecimentos dos últimos tempos impuseram mudanças drásticas em nossos comportamentos. Do início de 2020 até aqui, as transformações chegadas com a pandemia da Covid19 mudaram completamente a forma como vivemos, como nos encontramos, e sobretudo como consumimos filmes. Mas mais do que isso, a forma de fazer estes filmes também mudou. O mundo está inquieto. A primeira edição da Mostra Cinema do Presente surge a partir do desejo de reunir obras que representam essas inquietações políticas e estéticas que se manifestam no Brasil contemporâneo.

Inquietações políticas porque esses filmes se debruçam, discutem e problematizam temas urgentes: questões indígenas, misoginia, racismo, LGBTQfobia, o desamparo e a falta de perspectivas. Inquietação estética porque, dentro da seleção, esses temas por vezes se repetem, mas nunca da mesma forma. Pelo contrário, assim como uma grande diversidade temática – que abrange crises e conflitos de muitas naturezas – a Mostra contempla uma grande diversidade estética. Os cinco programas da mostra dão conta de um amplo espectro de linguagens que não se resumem ao ficcional e ao documental, mas passam pelo filme em primeira pessoa, pelo cinema híbrido, pela autoficção e pelo experimental.

A Mostra Cinema do Presente é movida pelo cinema que consegue provocar faíscas e abalos sísmicos.

//
Juliana Soares
Enock Carvalho
Matheus Farias